Marianne
Era como o retrato de Dorian Gray
O vento soprava e cobria seu corpo de flores
Eu estava te observando em silêncio
Com um coração gritando pelo seu nome
Distancia é minha sina e eu não sei lidar com isso
Só queria um abraço que derretesse o gelo do meu coração
Pois onde quer que eu vá
Onde quer que eu fique
Seu fantasma irá assombrar minha felicidade

Minha solidão já passou dos limites
Ela está me matando, confesso:
Não estou bem sem você

Seu sorriso era como o bater das asas de um pássaro
E seu olhar se abria pra mim como as asas de uma borboleta
E sua voz era como o som de um lindo violino
Tocava minha alma e meu espírito

Você é a pedra no meu caminho...
Pensadores | edit post
Notas 
0 Responses

Postar um comentário