Marianne

Obrigada

Meu chá esfriou
Me pergunto "por que mesmo levantei da cama?"
As nuvens de chuva em minha janela
E não consigo ver nada.
Mesmo que pudesse, tudo estaria cinza
Mas seu retrato na parede
me faz lembrar que não é tão ruim
Não é tão ruim

Bebi demais ontem à noite, tenho contas a pagar
Minha cabeça dói tanto
Perdi o ônibus e o dia será um inferno
Estou atrasada pro trabalho de novo
E ainda que estivesse lá, todos insinuariam
que eu não vou ficar nem mais um dia
Mas daí você me liga, e não está tão ruim assim.
Não é tão ruim.

Eu quero agradecê-lo
Por me dar o melhor dia da minha vida
Ah, simplesmente estar com você
é ter o melhor dia da minha vida

Empurro a porta, finalmente chego em casa
Estou encharcada, completamente molhada
Então você traz a toalha e tudo, e tudo o que vejo é você
Mesmo se minha casa desabasse agora,
Eu não perceberia
Porque você está perto de mim.

Eu quero agradecê-lo
Por me dar o melhor dia da minha vida
Ah, simplesmente estar com você
é ter o melhor dia da minha vida

Música: Thank You
By: Dido


Marianne


"Deve ser ainda mais estranho pensar que é estranho ser aquilo que se é. Creio que ninguém nunca vai encontrar uma pedra que acha estranho ser uma pedra. E com certeza nenhuma tartaruga acha incrível ser uma tartaruga. Mas parece que certos seres humanos acham estranhissímo ser um ser humano.(...)"

Jostein Gaarder
Marianne


Ice Box by Omarion

Cubo de Gelo

Discutindo e brigando, voltamos com isso de novo
Eu sei, é minha culpa, mas você não entende
Eu tenho lembranças, isso é loucura
Você não é nada parecido com aquele garoto que eu conhecia
Bem com a minha mãe, bem com o meu pai, bem com todos os meus amigos
Eu devia tentar decidir, deixar você entrar, mas não
Droga, essas lembranças, e é loucura
Você não é nada parecido com aquele garoto que eu conhecia

Garoto eu realmente quero resolver isso, porque estou cansada de brigar
E eu espero que você ainda me queira do jeito que eu te quero
Eu disse que realmente quero resolver isso, droga garoto, estou tentando
Isso não tem desculpa, não tem desculpa
Mas eu tenho esse

Eu tenho esse cubo de gelo onde o meu coração costumava ficar (mas eu tenho esse)
Eu tenho esse cubo de gelo onde o meu coração costumava ficar (eu disse que tenho esse)
Eu sou tão fria, eu sou tão fria, eu sou tão fria, eu sou tão fria,
Eu sou tão fria, eu sou tão fria, eu sou tão fria

Porque eu não consigo fazer direito, eu ainda não deixo passar
Eu dei uma chance, ele me deixou mal, eu não sentirei mais aquilo
Eu tenho lembranças, isso é loucura
Ele não é nada daquele garoto que eu conhecia
Eu não quero descontar em você, baby mas eu não posso fazer nada
Porque meu coração esta daquele mesmo jeito que você deixou
E eu, eu me desculpo, por ter feito você chorar
Olhe nos meus olhos e prometa que você não fará o mesmo comigo

[...]

Eu não quero ficar presa nesse mundo tão frio
Não quero estragar tudo, melhor ficar de olho em mim, garoto
Não quero estragar tudo, melhor ficar de olho em mim, garoto
Não quero estragar tudo, melhor ficar de olho em mim, garoto

Eu não quero ficar preso nesse mundo tão frio
Não quero estragar tudo, melhor ficar de olho em mim, garoto
[...]
Garota eu realmente quero resolver isso, porque estou cansada de brigar
E eu espero que você ainda me queira do jeito que eu te quero
Eu disse que realmente quero resolver isso, droga garoto, estou tentando
Isso não tem desculpa, não tem desculpa
Mas eu tenho esse

Eu tenho esse cubo de gelo onde o meu coração costumava ficar (mas eu tenho esse)
Eu tenho esse cubo de gelo onde o meu coração costumava ficar (eu disse que tenho esse)
Eu sou tão fria, eu sou tão fria, eu sou tão fria, eu sou tão fria,
Eu sou tão fria, eu sou tão fria, eu sou tão fria
Marianne
A história é como um grande conto de fadas. A única diferença entre os dois é que a história é de verdade. Pois maior que tudo é o amor. E o tempo nem de longe consegue apagá-lo com a mesma rapidez com que apaga as lembranças.

A terra gira para que todas as pessoas do mundo possam olhar para o espaço em todas as direções. Assim cada um pode ver as estrelas e tudo o que existe de qualquer lugar onde esteja... Não importa onde você mora, não há nenhum único pedacinho da glória do céu que ficará escondido de você.

O curinga é um caso à parte; uma carta sem relação com as outras. Ele está no mesmo monte das outras cartas, mas aquele não é seu lugar. Por isso pode ser separado do monte sem que ninguém sinta falta dele.

E embora estivéssemos vendo as mesmas estrelas, estávamos infinitamente longe uns dos outros.

Jostein Gaarder
Marianne

Depois de ter você
Pra que querer saber
Que horas são?

Se é noite ou faz calor
Se estamos no verão
Se o sol virá ou não
Ou pra que é que serve
Uma canção como esta?

Depois de ter você
Poetas para quê?
Os deuses, as dúvidas
Pra que amendoeiras pelas ruas?
Pra que servem as ruas?
Depois de ter você...

(Adriana Calcanhoto)
Marianne

Me ame ou me deixe...
Marianne


Embora eu compreenda que nossa história terminou
Sem chances de recomeçar, sem chances de ser como foi...
É incrível como você me faz querer morrer
Eu não quero tentar mais nada acerca de você
Mas se você estiver precisando de uma mão
Espero que lembre-se que eu tenho duas para te ajudar

Eu faria de novo e um pouco mais do que fiz por você
Eu só não queria me sentir assim
Como se uma metade de mim fosse retirada
Como se meu coração fosse um copo sem fundo
Não sou capaz de me encher...

Eu seria capaz de descer ao inferno por você
Eu seria capaz de renunciar o paraíso por você
Pois nenhum paraíso seria bom o suficiente sem você
Eu e eu,
Você e você,
Nós!
O nós que se partiu...

Mas eu ainda seria capaz de algo mais
Seu coração tem o ritmo do meu
Seus olhos têm o brilho das estrelas
E sua pele a ternura das leves nuvens que caminham ao sul
Minha pequena estátua que não conseguiu amar...

Por que você me fez sentir como se eu não fosse o bastante?
Marianne

Mais um dia que se passa e tudo está desperdiçado
Um ruído, um suspiro, quebram o silêncio
Eu sinto que estou preste a desmoronar
No abraço que não foi dado
Nas palavras que não foram ditas
Nas canções que não foram cantadas

Queria acreditar que amanhã você voltará
Voltará a ser aquele que eu tanto fiz
Mas sei que essa ilusão não durará nem por meio minuto
É tudo sempre tão quieto
É tudo sempre tão constrangedor
É tudo cheio de tão nada

Você está tão quieto que me faz querer gritar
Sempre evitando me deixar qualquer sinal
E eu me sinto afogada no talvez
No talvez de um dia poder me perdoar
Por ter te amado...

Só estou desmoronando por algumas horas
Pensando em quão bom seria se nossa felicidade fosse capaz de se manter intacta como nessas fotos
Suas dúvidas parecem serem tão ruins
Mas sempre estou esperando um amanhã para receber um melhor
E então um ‘oi’ seu fará que eu me permita sorrir
Marianne

A ambiguidade está na relação, pois, assim que a culpa é posta, a angústia passa, e vem o arrependimento. A relação, tal como a da angústia, é sempre de simpatia e antipatia. Isso parece de novo um paradoxo, porém não é assim, pois ao mesmo tempo em que a angústia teme, ela mantém uma comunicação maliciosa com seu objeto, não consegue desviar os olhos dele, nem mesmo o quer, pois se o indivíduo quiser fazê-lo, o arrependimento aparecerá. (...) A vida mostra, aliás, suficientemente fenômenos em que o indivíduo na angústia fixa na culpa um olhar quase ávido e, contudo, a teme. Aos olhos do espírito a culpa possui o mesmo poder de encantamento que tem o olhar da serpente. (Página 111)

KIERKEGAARD, S. O Conceito de angústia: uma simples reflexão psicológico-demonstrativa direcionada ao problema dogmático do pecado hereditário de Vigilius Haufniensis. - Petrópoles, RJ: Vozes; São Paulo, SP: Editora Universitária São Francisco, 2010. - (Coleção pensamento Humano)
Marianne


Pergunto-me: Quantas criaturas fabulosas há aqui, quão linda é a humanidade. Admirável mundo novo que há tais pessoas neste... [Série Skins - 5º Temporada/E07]

Original:

Oh! Que milagre! Que soberbas criaturas aqui vieram! Como os homens são belos! Admirável mundo novo que tem tais habitantes... [Shaekspeare]
Marianne

O tempo está correndo em minha pele
Porém você estacionou os ponteiros em suas horas
Isso é tão frio, tão gelado, tão repetitivo, isso é loucura.
Estávamos tão perto que eu quase morri ao te respirar
Mas quanto mais eu te abraçava mais longe eu ficava de você
Nenhuma briga
Nenhuma ofensa
Nenhum ciúme
A nossa perfeição foi o maior defeito
Os deuses nunca foram piedosos em suas punições
Nosso amor foi criado numa caixa de gelo
Você me falou que estava partindo
Mas partiu o pouco que eu era
E no final de tudo, ainda parece ser intacto para mim
Eu juro que tentei e espero que não esqueça disso
Éramos tão frios, gelados, repetitivos e loucos.
Juntos nós simplesmente não existíamos...
Espero que não esqueça disso:
Eu não era a garota que você achava que conhecia.
Sem desculpas.