Marianne
Está ventando e eu não consigo acender meu cigarro, isso me irrita um pouco, mas no final eu sempre consigo... “Essa nicotina ainda me mata” penso e continuo seguindo. Você tinha um cheiro suave de coca-cola zero, por isso nunca mais tomei, para não lembrar de você e nem chorar, se bem que todas as minhas lágrimas se secaram já faz tempo... Meu cigarro está pela metade e eu ainda busco respostas para tantas dúvidas. É difícil quando tudo foge do seu controle, quando você perde o rumo a direção... É foi tudo isso que me fez andar em um círculo vicioso onde nunca tem um começo ou um fim. Sinto falta não do que você se tornou, mas do que você foi comigo um dia.
| edit post
Notas 
0 Responses

Postar um comentário