Marianne


Já amanheceu e eu não quero ver a luz do sol
Dias que passam, noites em claro
E eu, eu estou presa na sua imagem
Ainda lembro do seu rosto delicado sem nenhuma expressão
Mas parecia que cumpriu todas suas missões
Estavas tão gelada como quem não quisesse partir
Eu toquei sua face, beijei sua testa, toquei suas mãos
Gelado, tudo estava tão gelado...
E quando chegou a hora de partir meu coração se quebrou
Eu te idolatrava como uma deusa
Mas você partiu e não retornará
Como uma pluma se perdendo no ar
Foi assim que você partiu
Sinto sua falta, sinto falta dos seus conselhos...
Sinto falta do seu sorriso e da sua braveza
Agora tenho que me adaptar com a ausência
Agora tenho que me adaptar com o seu silencio
Me salve aonde você estiver
Preciso da sua ajuda porque estou me afogando nesse poço
E meu coração se perdeu na escuridão
Me ajude onde quer que esteja
Minha querida vovó...
Pensadores | edit post
Notas 
0 Responses

Postar um comentário