Marianne
Ano novo... Fiquei a noite e madrugada toda pensando nas coisas que me aconteceram em 2009, e pensei “oh my god!”, conquistei tantas coisas em um curto prazo, mudei tanto em mim, fiz novos amigos e o melhor de tudo – não me apaixonei por ninguém! Isso para uma garota é algo bem difícil, acredite.

Enquanto isso jovens comemorando suas próprias angústias, bebendo, fumando e fingindo divertirem-se com suas drogas, até que um leva um tiro, todos ficam em choque, bom, ficam em choque até a ambulância retirar o corpo e a festa continua, afinal o que os olhos não vê, uma mente drogada não sente, não reflete.

Obrigada Deus por me poupar dessa grande perca de tempo juvenil.

Fico pensando, será que tudo o que tenho para conquistar é como esse pequeno vidro de remédio na minha frente, escrito na embalagem meu nome completo, esperando somente eu estender minhas mãos e tomar uma vez por dia duas cápsulas, será que as coisas não são assim? Estão lá prontas para nós, esperando somente a gente tomar a decisão de possuí-las... Mas quando o vidro ficar vazio? O que irá curar minha doença? Pois chegará um momento que meu corpo estará imune ao efeito dele e procurarei algo que amenize mais minhas dores físicas. A vida é um morrer a cada dia.

Seja como for... a multidão já não é o lugar que desejo estar.
Pensadores | edit post
Notas 
0 Responses

Postar um comentário