Marianne
Os Outros

“O inferno são os outros” – Jean Paul Sartre

Os outros não entendem.
Os outros não colaboram.
Os outros ganham na loteria.
Os outros perdem o irmão num acidente.
Os outros pegam lepra, leishmaniose, peste, bico-de-papagaio, hemorróidas, câncer, gripe espanhola.
Os outros têm histórias para contar.
Os outros dormem no ponto.
Os outros moram em favelas.
Os outros vacilam.
Os outros são seqüestrados, torturados e assassinados.
Os outros não sabem de nada.
Os outros são presos injustamente.
Os outros são viciados em remédios, coca-cola e café expresso.
Os outros não se entendem.
Os outros moram em mansões.
Os outros são cheios de manias.
Os outros são babacas, otários e arrogantes.
Os outros não têm limites.
Os outros são pegos em flagrante.
Os outros mentem muito.
Os outros esquecem.
Os outros vão para os Estados Unidos de férias.
Os outros tiram férias.
Os outros são os Estados Unidos.
Os outros são ingênuos e tropeçam na rua.
Os outros se jogam do viaduto e do décimo-nono andar.
Os outros não são de confiança.
Os outros fazem fila no hospital.
Os outros sabem mecânica quântica e lógica paraconsistente.
Os outros cantam e dançam.
Os outros não perdem por esperar.
Os outros fazem dívidas.
Os outros não sabem o que querem.
Os outros têm vergonha e verrugas.
Os outros saem no jornal.
Os outros não são de nada.
Os outros perdem a hora.
Os outros comem mortadela com sorvete escondido.
Os outros não têm o que comer.
Os outros ficam tão bonitos com suas roupas caras.
Os outros são feios.
Os outros trabalham para nós.
Os outros perdem.
Os outros são cafonas.
Os outros fazem regime e ginástica.
Os outros são cultos.
Os outros só lêem orelha.
Os outros não sabem de nada.
Os outros não nos entendem.
Os outros enganam.
Os outros exploram.
Os outros desamam.
Os outros desaparecem.
Os outros deixam a casa bagunçada.
Os outros têm obrigação.
Os outros jamais vão dormir sem lavar a louça.
Os outros gostam de pornografia.
Os outros são ladrões, desonestos e pão-duros.
Os outros são cretinos.
Os outros esnobam.
Os outros traem.
Os outros desconfiam.
Os outros não dão explicações.
Os outros esquecem.
Os outros falam a verdade quando dão entrevistas.
Os outros dão entrevistas.
Os outros ficam velhos.
Os outros têm com quem comentar o filme.
Os outros estrelam os filmes.
Os outros querem assim.
Os outros são de Lua.
Os outros tomam Sol.
Os outros são teimosos.
Os outros morrem na guerra.
Os outros morrem.
Os outros são neuróticos, histéricos, obsessivos, possessivos e psicóticos.
Os outros passam nos concursos.
Os outros perdem tudo no jogo.
Os outros são certinhos.
Os outros choram de barriga cheia.
Os outros decidem.
Os outros falam mal da gente.
Os outros fazem de propósito.
Os outros são vítimas.
Os outros fazem de conta.
Os outros pedem esmola.
Os outros ficam paraplégicos.
Os outros são pegos pelo fisco.
Os outros têm mau-hálito.
Os outros nem sonham.
Os outros são paranóicos.
Os outros são preguiçosos.
Os outros não estão tão tristes assim.
Os outros vão levando.
Os outros estão muito pior.
Os outros não têm motivo.
Os outros não estão nem aí.
Os outros fazem tudo escondido.
Os outros nem desconfiam.
Os outros não sabem o que fazem.
Os outros é que são felizes.
Os outros não trabalham.
Os outros são tarados, perversos e serial killers.
Os outros não compram a prestação.
Os outros são um bando de incompetentes.
Os outros dirigem muito mal.
Os outros furam fila.
Os outros vivem histórias de novela.
Os outros vêem novela.
Os outros ainda têm tempo pela frente.
Os outros, no fundo, são bons.
Os outros são tão infantis.
Os outros vão dormir sem tomar banho.
Os outros não prestam.
Os outros dão um duro danado.
Os outros são chatos.
Os outros são todos iguais.
Os outros não sabem dar valor.
Os outros, sim, é que sabem viver.
Os outros são egoístas.
Os outros nos perseguem.
Os outros são diferentes.
Os outros são uns ingratos.
Os outros não guardam segredo.
Os outros fazem promessas, jogam búzios e acreditam em milagres.
Os outros só querem aparecer.
Os outros desaparecem quando se precisa deles.
Os outros vão dormir tarde porque fazem amor.
Os outros vão para o céu.
Os outros são o inferno.
Os outros apanham da vida.
Os outros nunca esquecem.
Os outros são mal amados e acordam cedo.
Os outros são bregas, caipiras e modernos.
Os outros jogam papel na rua.
Os outros soltam a franga.
Os outros têm medo e dormem com a luz acesa.
Os outros não têm coração.
Os outros não fazem nada.
Os outros não tomam providência.
Os outros tomam na cabeça.
Os outros desistem.
Os outros insistem.

PS: Resumindo - os outros são um verdadeiro incômodo!
Pensadores , , | edit post
Notas 
0 Responses

Postar um comentário