Marianne

Olhos de esmeralda iluminam a alma de quem vê
É irmã, mãe, amiga, nervosa, brava, mulher e sobre tudo é humana
Me ensinou a falar, ler e a escrever...
Me deixou na infância para percorrer o mundo que estava fora da porta de casa
E descobriu que o amor é ilimitado, caro, doloroso e sobre tudo é divino
Chora e ri fácil como uma criança
Batalha e vence dificilmente como um adulto
Buscou no céu e buscou no inferno a sua felicidade
E me mostrou que o mundo é maior que as pequenas cabanas de cobertor que fazíamos para nos esconder
Me defendeu e me agrediu
Me ofendeu e me elogiou
Me tirou e me deu
Me fez chorar e me fez rir muito mais
Já se fantasiou de árvore de natal, de coelhinho da páscoa, de mulher gata e de paquita
Ouviu disco de vinil comigo, incluindo Luiz Calda, Ney Mato Grosso e Xuxa!!!
Dançou lambada, ciranda, balé, country e me acompanhou nos barzinhos de rock
Encontrou seu canto onde menos imaginava
Imitou “Outkast” dançando “Hey Ya”, a ponto de me deixar sem ar de tanto rir
Já fez de tudo um pouco como fez do pouco o tudo
E daqui a pouco completa seus 25 anos, 25 anos bem vividos intensamente como a vida deve ser vivida
Na sua ausência senti o valor da sua presença
A casa está inundada por um vazio
Já não se houve seu belo canto de passarinho
Mas está tudo bem porque você está bem
E perto ou longe seus olhos de absinto brilha entre as paredes de casa
Porque seu sangue corre na minha veia
Porque eu sai do mesmo ventre que você esteve
Queira ou não queira, o que sou você é e o que você é eu também sou
Somos irmãs para sempre...
Pensadores | edit post
Notas 
0 Responses

Postar um comentário