Marianne

Amor tolo é providencial
Você se encolhe, nossa paixão se consome
Meu coração é uma prostituta, seu corpo está alugado
Meu corpo está quebrado, o seu está torto

Entalho seu nome no meu braço
Ao invés de estressado eu fico aqui encantado
Porque não há mais nada a fazer,
Cada eu e cada você

Amor tolo é uma prisão que eu escolho
Nenhuma outra prisão eu escolho ter
De um outro amor eu abusaria
Nenhuma circunstância poderia justificar

Na forma das coisas a vir
Veneno demais se soltou
Porque não há mais nada a fazer
Cada eu e cada você

Cada eu e cada você,
Cada eu...

Amor tolo é conhecido por ser instável
Propenso a se agarrar e desperdiçar estas coisas
Se encolha pelo amor de Deus
Nunca houve tanto em jogo

Eu sirvo minha cabeça em um prato
É apenas confortável ligar tarde
Porque não há mais nada a fazer,
Cada eu e cada você

Cada eu e cada você,
Cada eu...

Como os nus guiam os cegos
Eu sei que sou egoísta, sou insensível
Amor tolo, eu sempre acho
Alguém para machucar e deixar para trás

Completamente sozinho no espaço e tempo
Não há nada aqui a não ser o que é meu
Algo emprestado, algo triste
Cada eu e cada você.

Cada eu e cada você,
Cada eu...
Pensadores | edit post
Notas 
0 Responses

Postar um comentário