Marianne

Estou na dúvida:
Sou um ser ou tenho um ser?
O que é isto que habita em mim?
O que sou se habito em algo?
Às vezes sou música
Às vezes sou sorriso
Às vezes sou lágrimas
Às vezes eu simplesmente não sou
Há em mim uma certeza
Há em mim algo que pulsa:
Às vezes existo e às vezes não existo
Sabe o intervalo do pulsar dos corações?
É como se fosse assim
Existir, não-existir, existir – desistir.
Amo a vida, quero a imortalidade,
Vivo no admirável mundo velho e novo
Vivo na minha própria utopia
Porque ainda feliz eu continuo vendo assim:
O mundo como um mal me quer!

Amar alguém é dificil...
Deixar de amar - impossível!
Pensadores | edit post
Notas 
0 Responses

Postar um comentário