Marianne
Não sou supersticiosa, muito menos acredito no determinismo, ou qualquer coisa do tipo, mas desde criança sempre sonhava com escadarias sem fim, sempre sonhava que eu subia incansavelmente, mas nunca encontrava seu fim, nunca chegava ao topo, no último degrau. Esse fato sempre foi algo curioso que carreguei desde minha infância até a maturidade, mas naquele domingo eu entendia algo, as escadas não participavam de inúmeros sonhos repetitivos, mas sim de uma espera, de estar caminhando ao encontro de alguém que fosse capaz de fazer com que eu chegasse ao fim das escadarias... Olhando para a ultima cena que vi você, subindo uma escadaria, parando por um minuto pra me ver, eu entendi que o ultimo degrau era você, que o que eu estava a toda vida procurando era você, nada mais e nada menos que você.

...eu nunca mais sonhei com escadarias depois de ter conhecido você!



Valeu a pena, pois vivemos juntos e estivemos ali - juntos - mesmo que por poucos meses...Eu te amava tanto que esquecia de me amar.
Pensadores | edit post
Notas 
0 Responses

Postar um comentário