Marianne
 
Deitada na grama verde sinto-me coberta por um céu cinza
O seu fantasma vem assombrar meus pensamentos
Mas um trovão corta o céu e eu sinto que nosso tempo de adeus está próximo
Com um ciclone pronto a estraçalhar em mil pedaços minha esperança
Eu nunca devo, eu nunca posso, mas eu sempre quero
A minha rotina é sempre quebrada em uma mudança drástica
Mas sempre algo novo me apresenta como que destinado
Porem você está indo e eu só vejo a sua silhueta vaga que vai e some
Como um pensamento incompleto jogado em uma tela qualquer...
Pensadores | edit post
Notas 
0 Responses

Postar um comentário