Marianne


Não queria ter acordado tão cedo, o meu leito era a minha fuga emergencial, mas algo que há em algum lugar dentro de mim grita, não sei onde, não sei, visto que tudo o que sinto vem da visão, não sei se o que expresso também sai dela. Há um rio com águas correntes que fica entre meu peito e meus olhos, eu o engulo seco na garganta, não posso deixá-lo afogar minha face. Há um demônio que sempre que se aproxima de mim traz consigo o inferno, o inferno da sua existência.
Pensadores | edit post
Notas 
2 Responses
  1. petrucian Says:

    oi tudo bem?
    tenho uma postagem pra ti (a sobre seu comentário).
    abraço.


  2. Marianne Says:

    Tudo bem meu caro e com você?

    Respondi sua postagem, mas não nego que você delira um pouco em cima de assuntos insignificantes, como um comentário por exemplo. Talvez seja a ausência de assuntos, mas enfim, muito grata pelas críticas e observações.

    Atenciosamente,

    Marianne.


Postar um comentário