Marianne
Olhando algumas comunidades sobre autores que eu lia suas obras na infância, encontrei uma do Oscar Wilde no orkut, tinha um tópico de frases, resolvi copiar algumas para deixar registrada aqui.

- A única diferença entre um simples capricho e uma paixão eterna
é que o capricho dura um pouco mais!

- Quando nos censuramos a nós próprios, achamos que mais ninguém tem o direito de nos censurar. (essa é bemmm minha cara!)

- A gente sempre destrói aquilo que mais ama em um campo aberto ou numa emboscada alguns com a beleza do carinho outros com a dureza da palavra os covardes destróem com um beijo os valentes, destróem com a espada.

- Gosto dos homens com um futuro e das mulheres com um passado.

- O terror da sociedade, é a base de toda moral, o terror de Deus, que é o segredo da religião - eis as duas coisas que nos governam.

- Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas não faz mais do que existir.

- Sou capaz de gostar de tudo, menos do sofrimento. Não consigo apreciar o pesar: é muito feio, terrível e aflitivo. Há algo de mórbido no gosto moderno pela dor. Devemos gostar de cor; de de beleza, da alegria de viver - Quanto menos se falar em aflições da vida, melhor.

- Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila.
Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante.
A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos.
Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo.
Deles não quero resposta, quero meu avesso.
Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim.
Para isso, só sendo louco.
Quero os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças.
Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta.
Não quero só o ombro e o colo, quero também sua maior alegria.
Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto.
Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade.
Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos.
Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça.
Não quero amigos adultos nem chatos.
Quero-os metade infância e outra metade velhice!
Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa.
Tenho amigos para saber quem eu sou.
Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que "normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril.

- Todo santo tem um passado e todo pecador tem um futuro.

- A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre.

- Quem quer que seja pode fazer história, mas somente um grande homem poderá escrevê-la.

Pensadores | edit post
Notas 
0 Responses

Postar um comentário