Marianne
- O dia está lindo lá fora!
- Ok! E daí?
- Eles não gostam de você!
- Tá... E daí?
- Você devia ser mais expressiva...
- É!? E daí?
- E daí que é assim que tem que ser!
- E quem falou que tudo tem que ser assim?
- Não sei! Mas a maioria busca ser assim!
- Eu sou a minoria. Porém, ser assim como?
- Assim... Feliz!
- Mas o que é Felicidade? Sorrir feito um bobo(a) alegre e ficar dando ordens e manuais de instruções para se viver ou buscando entender todas as suas tristezas, podendo finalizá-las e sendo assim, com a ausência da tristeza a felicidade se faz presente? A tristeza ofusca a Felicidade? Ou talvez... ou talvez a Felicidade não exista?
- Oras, você vive pra quê afinal?
- Para morrer.
- Que apatia... Então você morre pra quê?
- Para viver.
- Porque você trata das coisas de forma paralela?
- Não são formas paralelas... Apenas são os “contrários”.
- Porque os “contrários”, se são contrários não podem ficar juntos!
- Podem, quando se está participando de uma existência que não passa de um circulo vicioso, os contrários estão ali, aonde um acaba outro começa e vice-versa, o começo pode ficar no fim e o fim no começo. Seja qual for a ordem, eles estão dentro desse círculo e círculos não possuem nem começo, meio e fim...
- Você me cansa.
- Eu sei, o pensar cansa qualquer um.

Pensadores | edit post
Notas 
1 Response
  1. Anônimo Says:

    É como o doce sabor do limão, há felicidade até em estar triste! Felicidade é um estado do espírito, tristeza é apenas um sentimento... triste por sinal!


Postar um comentário